3 dicas para deixar pequenas casas mais espaçosas

window-1208277_960_720

Por Homero Pivotto Junior, da Redação Padrinho Agência de Conteúdo

Quem nunca ouviu o ditado de que casas pequenas sempre são mais aconchegantes? Mas que tal deixar cada peça do seu lar mais espaçosa? Sim, é possível, fica charmoso e com um design diferenciado.

A fim de ajudar você, conversamos com a estudante do 7º semestre de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Manoela Lemos, sobre como aproveitar todos os cantinhos da sua casa.

Cores: um aliado para ambientes pequenos

As cores ajudam a dar profundidade aos espaços da sua casa. Entretanto, é preciso ter certo cuidado na hora de escolher as tintas, pois elas influenciam bastante na percepção final do ambiente.

Segundo Manoela, tons mais claros, de uma maneira geral, dão uma ideia de ambiente mais amplo, enquanto os mais escuros costumam passar a sensação de um um ambiente menor. “Por isso, quando se tem uma sala muito comprida, por exemplo, pode-se pintar uma ou duas paredes menores com uma cor escura. Isso faz com que a proporção da sala pareça não tão alongada”, exemplifica.

Roupeiros: roubadores de espaço

Quartos pequenos muitas vezes são problema, pois os roupeiros ocupam boa parte do espaço. A estudante explica que não existe um tipo de armário ideal e que isso varia de acordo com a proporção do cômodo e das necessidade do usuário. Entretanto, ela enfatiza que a dica é sempre procurar obter o melhor aproveitamento do local. “Se tu tens uma determinada área para o roupeiro, que ela seja utilizada na sua totalidade, sem perder espaço”, contextualiza.

Outra dica é sempre observar a profundidade do móvel. Às vezes, eles são grandes, ocupando parte considerável de um quarto, mas sem oferecer o aproveitamento desejado para armazenar roupas.

Cozinha: tenha apenas o que realmente é útil para si.

Existem muitos mobiliários para a cozinha que têm um uso mais flexível, como, por exemplo, as mesas e cadeiras dobráveis. Mas não esqueça: é sempre interessante ver o que você precisa! “Hoje em dia há no mercado utensílios que se compra de forma separada, tal como o cooktop – modelos de fogões sem forno que podem ser instalados em qualquer superfície plana. Desse modo, o usuário que não tem a necessidade de um forno não precisa ocupar espaço com isso”, explica a estudante.

 

Anúncios

Procurar um imóvel: o “uni duni te” da vida real

Por Homero Pivotto Junior, da Redação Padrinho Agência de Conteúdo

Na hora de adquirir apartamento, casa ou sala comercial, sempre surgem dúvidas, como: “Será que escolho um espaço grande, mas longe do centro?” e “Com ou sem garagem?”.

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar você na hora de locar ou comprar um imóvel. Nossa ideia é mostrar como conseguir benefícios em um novo lar ou empreendimento.

Espaço: o importante é ser aconchegante

Muitas pessoas querem uma casa ou apartamento grande, mas, às vezes, não há grana suficiente. Entretanto, morar em um local menor tem suas vantagem: os gastos com água e luz são menores, por exemplo. Além de economizar com contas básicas, você também irá pensar duas vezes antes de aplicar dinheiro onde não há necessidade. Tipo: você terá de achar onde colocar um móvel novo na sala antes de comprá-lo.

Ah, sem dizer que em ambientes menores é possível fazer uma decoração simples e delicada ganhar destaque, pois tornará o lugar mais acolhedor.

1445

Localização: facilitador do cotidiano

Morar em uma região bem localizada tem lá seu preço – no sentindo literal da palavra mesmo. Porém, também tem suas vantagens. Quando se está em um local perto de centros comercias, você economiza tempo, já que pode fazer suas atividades caminhando. Seguindo esse raciocínio, estar bem situado também é sinônimo de sustentabilidade, pois não demanda uso de ônibus/ carro ou necessidade de enfrentar o caos do trânsito.

Dá até para dar um passeio com a bike durante o caminho para o mercado (mais um ponto positivo, pois você estará praticando uma atividade física).

89666

Sol + economia de energia elétrica: uma maneira de ajudar o planeta

Sabe aquela frase “O barato custa caro”? Ela faz sentindo quando se deixa de adquirir um apartamento ou uma casa com boa iluminação solar por causa do valor. Afinal, um imóvel com iluminação natural ajuda a poupar energia elétrica, ao mesmo tempo que proporciona bem estar.

89666 (1)

Curtiu as dicas ou ainda tem outras dúvidas? Manda pra gente que te ajudamos!

 

Facilitadores de sonhos

Por Homero Pivotto Junior, da Redação Padrinho Agência de Conteúdo

Ser corretor de imóveis vai além de apenas vender casas, apartamentos ou salas comerciais. É uma profissão que não se resume a uma simples venda ou locação. Para Edmilson Duarte Dutra, de 42 anos – 6 deles no mercado imobiliário -, atuar no ramo é cumprir o papel de um facilitador de sonhos.

Segundo ele, que começou no setor a convite de um amigo, a recompensa maior não é a comissão a cada novo contrato assinado. “Gosto da profissão, não apenas pela remuneração, mas pelo fato de poder facilitar o sonho de quem deseja obter um imóvel”, revela.

Atualmente, diante de um mercado competitivo e abatido pela crise, Duarte afirma que é preciso ter certo “gingado” para oferecer sempre um bom serviço aos clientes. E isso só é possível se o profissional estiver bem informado, pois compradores e locatários já recebem muitas informações por meio das redes sociais. “O corretor precisa estar atualizado, oferecer algo a mais para o cliente dentro daquilo que ele procura, mostrando as vantagens do imóvel”, explica.

Ops, porta errada!

Mas nem só de negócios vive um corretor. Diante de tantos contatos, há histórias que marcam a vida desses profissionais. Duarte afirma que, certa vez, foi fazer um agenciamento e, quando chegou no local, o porteiro avisou que não havia um imóvel, mas dois.  

“Ele me disse que as chaves do outro imóvel também estavam com ele. Entretanto, quando eu cheguei dentro do apartamento que ele comentou, estava tudo mobiliado e eu não sabia onde me enfiar, pois era o apartamento errado”, relata rindo.

Pblog2ioneiros na locação para Copa do Mundo no Brasil

Diante de tantos profissionais competentes, a Imobiliária Coliseu se destaca também por ter ideias bacanas e diferenciadas. Segundo o diretor executivo Sergio Kroeff Canarim, a equipe teve a grande sacada de locar vários apartamentos para turistas apenas durante o período da Copa do Mundo de 2014. “Conseguimos um destaque considerável nas grandes mídias, pois fomos uma das poucas imobiliárias que teve a ideia para atrair os olhares dos estrangeiros”, relata o diretor.

Americanos nos pampas

Outro diferencial no trabalho da equipe Coliseu é o domínio do inglês. Canarim conta que, este ano, um casal dos Estados Unidos foi indicado por um brasileiro para contatar a empresa a fim de conseguir uma moradia no Rio Grande do Sul. “Eles tentavam locar, mas não conseguiam contato com as imobiliárias daqui, pois muitas não falam inglês, o que dificulta a comunicação”, recorda Canarim.

Em meio a tantas histórias de vida e conquistas, desejamos, neste Dia do Corretor de Imóveis, muito sucesso aos profissionais que constroem e facilitam o sonho de tanta gente.